Posts com a Tag ‘Unesp’

A OZ Engenharia acaba de firmar um convênio com a Universidade Estadual Paulista (UNESP) para execução do projeto “Avaliação dos aspectos nutricionais e antinutricionais de alimentos cultivados em sistema orgânico e convencional, submetidos a ozonização e tratamento térmico”. A coordenação fica a cargo da Profª. Drª. Giuseppina Pace Pereira Lima e da Engª. Drª. Luciana Manoel e participação de Luciana Manoel, Tatiana Machado e Adelita Kelen Antunes Gomes.

O projeto que inicia ainda no ano de 2012 terá sua conclusão em 2017, nesse tempo será avaliado a influência do tipo de cultivo e a aplicação de um sanitizante alternativo e seguro (ozônio), para os alimentos em substituição do cloro, também irá avaliar a tolerância de frutas e legumes quanto a doses e exposição a água ozonizada, avaliando qualidades nutricionais, microbiológicos e os aspectos bioquímicos dos produtos.

A Faculdade de Engenharia (FE) da Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Ilha Solteira, disponibilizou um software para o manejo racional da água utilizada na agricultura irrigada. O programa, batizado de Sistema para Manejo da Agricultura Irrigada (SMAI), foi idealizado pela Área de Hidráulica e Irrigação da FE, coordenada pelo professor Fernando Braz Tangerino Hernandez.

De acordo com o pesquisador, o sistema pode ser aplicado em todas as culturas. “Ele é muito versátil. Se o usuário dispuser de todas as variáveis climáticas, vai usá-las para a estimativa da evapotranspiração de referência. Caso falte alguma, pode estimá-la pelas equações já existentes”, explicou.

O software é resultado do projeto “Modelagem da Produtividade da Água em Bacias Hidrográficas com Mudanças de Uso da Terra”, financiado pela FAPESP e pela Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe).

Seu desenvolvimento levou dez meses e seus principais benefícios são estimar rapidamente a evapotranspiração, que é a perda de água do solo por evaporação e a perda de água da planta por transpiração. O programa é capaz de apresentar a taxa dos dois tipos de evapotranspiração: a de referência, um índice calculado com base em uma cultura hipotética que cobre todo o solo, como a grama; e a de cultura, uma conta feita para uma espécie vegetal específica.

O software pode ser utilizado em qualquer região, sem a necessidade de adaptações. “Talvez a maior dificuldade seja o usuário dispor das variáveis climáticas da região de interesse e também a divulgação das mesmas diariamente. Essa seria a situação ideal para que de fato o software possa ser utilizado para manejo da irrigação”, afirmou Hernandez.

O software está disponível para download gratuito em clima.feis.unesp.br/smai.

Fonte: Matéria da Agência FAPESP, publicada pelo site EcoDebate.

Pesquisar
Divulgação
Calendário
novembro 2019
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Site OZ Engenharia
Águas Limpas
Google +1
Categorias