Posts com a Tag ‘Tratamento de ar’

O Que São Alergias

Alergia ou reação de hipersensibilidade é uma resposta imunológica exagerada, que se desenvolve após a exposição a um determinado antígeno (substância estranha ao nosso organismo) e que ocorre em indivíduos suscetíveis (geneticamente) e previamente sensibilizados. A reação alérgica ocorrerá quando o número de anticorpos superar o número de antígenos.

antígeno invasor que provoca a alergia é chamado alérgeno e pode ser de vários tipos, de acordo com vários critérios, um dos quais é o de sua via de acesso ao organismo. Elementos como poeira, pólen e ácaros são causas frequentes de alergia por ingestão, podendo chegar ao sangue. Micróbios e parasitos são, às vezes, causas de alergias graves por contato de pele. Especialmente grave, entre as reações alérgicas imediatas, é o choque anafilático, no qual o organismo, já sensibilizado por determinado antígeno, reage violentamente a uma nova invasão desse mesmo antígeno, produzindo substâncias (histamina, serotonina, heparina) que alteram o equilíbrio fisiológico, contraindo músculos, dilatando vasos e bloqueando a circulação do sangue.

Ocorrências

Pode ocorrer, eventualmente, uma pessoa entrar em contato com uma substância alergênica e só apresentar reações alérgicas dias ou semanas depois. Isso acontece porque a quantidade de anticorpos produzidos não ultrapassou a quantidade de antígenos no organismo. Mas se a pessoa mantiver o contato com a substância durante vários dias, a quantidade de anticorpos ultrapassará a quantidade de antígenos e provocará então uma reação alérgica. As reações alérgicas acontecerão cada vez mais intensas sempre que o indivíduo entrar em contato com as substâncias alergênicas. As consequencias mais graves da alergia são:

  1. Erupções extensas na pele, às vezes com lesões bolhosas e inchaço.
  2. Edema de Quinck, caracterizado pelo inchaço das vias aéreas superiores (faringe e laringe), o que pode provocar sufocação e morte.

Controle

Como o pólen se dissemina

É importante observar que as alergias não têm cura. No entanto, a identificação das substâncias alergênicas a cada indivíduo é muito importante para o seu controle. Os principais métodos utilizados para o seu controle são:

  1. Vacinas que são produzidas com pequenas quantidades das substâncias alergênicas. As doses vão aumentando gradativamente de modo que o organismo “acostume-se” com as substâncias alergênicas;
  2. Afastamento das substâncias alergênicas;
  3. O uso de cortisona para o tratamento dos casos de alergia agudos. A cortisona e seus derivados são drogas que agem diretamente na quantidade de anticorpos no organismo. Entretanto, o uso da cortisona à longo prazo pode ocasionar a queda de imunidade do organismo provocando o surgimento de infecções oportunistas.

A prevenção é a melhor providência.

Sintomas

Clique na imagem para ampliar

Os sintomas mais comuns que indicam o surgimento das alergias são os resfriados constantes, espirros, coceiras, coriza, dores de cabeça e outros. Por serem tão comuns, muitas vezes não prestamos atenção ao que pode ser um sintoma de alergia. Esta possibilidade aumenta nas grandes cidades devido à poeira e à poluição que circulam livremente. Mas as alergias têm outras fontes como a alimentação, o ar e, às vezes, o simples contato com objetos.Os sintomas locais são:

Nariz: inchaço da mucosa nasal (rinite alérgica).
Olhos: vermelhidão e coceira da conjuntiva (conjuntivite alérgica).
Via aéreas: broncoconstrição, respiração difícil e dispnéia, algumas vezes ataques de asma.
Pele: várias erupções como eczema, urticária e dermatite de contato.

Tipos de Alergias e Alérgenos Mais Comuns

Além das proteínas alheias encontradas em transfusões de sangue e vacinas, os alérgenos mais comuns e seus tipos de alergia incluem:

Pólens de plantas – febre do feno.
Esporos de mofo.
Drogas: penicilinas, sulfonamidas, anestésicos, salicilatos.
Alimentos: alergia alimentar – nozes, frutos do mar, gergelim, clara de ovo, alguns legumes, soja, leite, trigo, milho ou maizena.
Picadas de insetos.
Pêlos de animais.

Tecnologia Do Ozônio Ajuda Na Prevenção

A OZ Engenharia desenvolve uma linha de produtos destinados a prevenção de doenças transmitidas pelo ar, o ozônio gerado pelo equipamento ajuda a proteger o ambiente de agentes contaminantes como alérgenos, fungos, bactérias e vírus, causadores de gripes – inclusive a gripe A (H1N1) também conhecida como gripe suína – rinites, infecções respiratórias e outras doenças;

Como Funciona?

O ar que passa no interior do aparelho é higienizado e o residual de ozônio liberado na frente do aparelho inibe microrganismos presentes no ambiente ou depositados sobre as superfícies dos objetos (mesas, cortinas, pisos e paredes). O aparelho gerador de ozônio Air Life possui tecnologia desenvolvida pela OZ Engenhariae contempla os conceitos de higienização e desinfecção do ar ambiente utilizando o ozônio como barreira sanitária.

Pode ser utilizado em residências, estabelecimentos comerciais, escritórios, clínicas, consultórios, hotéis, restaurantes, hospitais, indústrias e depósitos como complementar da assepsia e higienização do ambiente.

Para adquirir o seu Air Life acesse nosso site de vendas ou nos ligue (51) 3339 0082.

Fontes: vocesabia e minhavida

 

 

Caso necessário o aparelho pode contar com sensor de presença, muito útil em ambientes de grande circulação.

Quem for viajar e passar pelo Aeroporto Internacional Salgado Filho em Porto Alegre vai ter uma agradável surpresa ao entrar nos sanitários, o aparelho Air Life da linha de tratamento do ar da OZ Engenharia foi instalado nos terminais 1 e 2, evitando assim odores desagradáveis e contaminações nos passageiros.

A OZ Engenharia venceu a licitação da Infraero em disputa com outras seis empresas, o Air Life preencheu todos os requisitos técnicos de segurança e qualidade na disputa, qualificando o aparelho na purificação do ambiente dos banheiros, mantendo-os limpos e livre de odores.

E o melhor de tudo isso é que você também pode ter um Air Life na sua casa, a empresa está vendendo desde o início do ano o Air Life no site www.ozengenharia.com/loja o aparelho além de remover odores desagradáveis (cigarros, animais) serve também para prevenir alergias, combater vírus, bactérias, fungos e o tão indesejado mofo.

O Air Life devido a sua eficácia e não gerar resíduos é considerado tecnologia limpa que ajuda a proteger o meio ambiente e pode ser usado em estabelecimentos comercias, escritórios, clínicas médicas, hotéis, shoppings, colégios e demais locais com circulação de pessoas, evitando assim doenças, contaminações cruzadas,  mau cheiro e auxilia na higienização do ar condicionado.

Dê uma olhada no site da empresa.

Página de vendas do Air Life da OZ Engenharia

 

Muito se fala em camada de ozônio e de sua destruição, mas você sabe o que é o ozônio? Conhece suas aplicações?

O ozônio (O3) é um gás, uma molécula triatômica e alotrópica de decomposição rápida cuja matéria prima é o oxigênio existente no ar ambiente. Através de uma descarga elétrica, uma molécula de O2 é decomposta e, estes átomos de oxigênio dissociados, se reagrupam com outras moléculas de O2 gerando duas moléculas de O3. É um fenômeno natural que ocorre em tempestades e é o meio pelo qual a natureza purifica a atmosfera eliminando poluentes químicos e biológicos.

História:

O ozônio começou a ser conhecido em 1837 e reconhecido como substância química depois de trinta anos, quando sua forma triatômica foi descrita. A habilidade do ozônio para desinfecção de água foi descoberta em 1886 e em 1891 testes pilotos já eram realizados.

A primeira instalação industrial de ozônio ocorreu em 1893, em Oudshoorm, na Holanda, para desinfecção na estação de tratamento de água potável da cidade. Até 1914 o número de estações de tratamento de água utilizando ozônio cresceu e, na Europa, já havia pelo menos 49 instalações. Em 1936 o número passou para 100 instalações na França e 140 no mundo.

Hoje, a cada dia, estudos descobrem mais utilizações para o ozônio, como por exemplo, tratamento de ar, aplicações na medicina e conservação de alimentos.

Características Gás Ozônio:

– É considerado o mais forte desinfetante empregado para a purificação da água;

– Evita qualquer problema de gosto e odor desagradável;

– É ativo contra vírus, bactérias, esporos, cistos, protozoários, etc.;

– Oxida metais pesados (ferro, manganês, íon sulfato, nitrito), fazendo a sua precipitação e evitando, portanto, a sua ingestão acidental ou não;

– No ar, o ozônio pode ser utilizado para remoção de odores e como barreira sanitária no isolamento de epidemias transmitidas pelo ar;

– Seu residual é o oxigênio, portanto não prejudica o meio ambiente.

Algumas aplicações do Ozônio:

Tratamento de ar: Redução da biota microbiana em ambientes fechados bem como a redução de compostos orgânicos voláteis.

•         Tratamento de água: Oxidação da matéria orgânica sem formação cloraminas, substituindo a utilização do cloro.

•         Medicina: utilizado como medicamento ativo, apresentando efeito bactericida, fungicida e de inativação viral.

•         Processos industriais: Aplicações na sanitização de superfícies com redução microbiana e redução da contaminação dos ambientes industriais.

•         Tratamento de Resíduos Agrícolas: A Instrução Normativa 002/08 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) determinou a degradação de todos os resíduos de pesticidas utilizados na aviação agrícola. No Estado do Mato Grosso, o Decreto 2283-09 também exige o tratamento dos resíduos resultantes da pulverização por tratores. O ozônio realiza a degradação destes resíduos de forma segura e eficiente, evitando os prejuízos que seu descarte incorreto causa ao meio ambiente.

•         Conservação de Alimentos: Utilizado para desinfecção do ar ambiente, ou na água utilizada para lavar os alimentos, o ozônio tem ação contra um amplo espectro microbiológico, serve como barreira sanitária contra contaminação cruzada e também como desodorizante do ar.

Pesquisar
Divulgação
Calendário
outubro 2019
S T Q Q S S D
« jul    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Site OZ Engenharia
Águas Limpas
Google +1
Categorias