Posts com a Tag ‘sinusite’

O Que São Alergias

Alergia ou reação de hipersensibilidade é uma resposta imunológica exagerada, que se desenvolve após a exposição a um determinado antígeno (substância estranha ao nosso organismo) e que ocorre em indivíduos suscetíveis (geneticamente) e previamente sensibilizados. A reação alérgica ocorrerá quando o número de anticorpos superar o número de antígenos.

antígeno invasor que provoca a alergia é chamado alérgeno e pode ser de vários tipos, de acordo com vários critérios, um dos quais é o de sua via de acesso ao organismo. Elementos como poeira, pólen e ácaros são causas frequentes de alergia por ingestão, podendo chegar ao sangue. Micróbios e parasitos são, às vezes, causas de alergias graves por contato de pele. Especialmente grave, entre as reações alérgicas imediatas, é o choque anafilático, no qual o organismo, já sensibilizado por determinado antígeno, reage violentamente a uma nova invasão desse mesmo antígeno, produzindo substâncias (histamina, serotonina, heparina) que alteram o equilíbrio fisiológico, contraindo músculos, dilatando vasos e bloqueando a circulação do sangue.

Ocorrências

Pode ocorrer, eventualmente, uma pessoa entrar em contato com uma substância alergênica e só apresentar reações alérgicas dias ou semanas depois. Isso acontece porque a quantidade de anticorpos produzidos não ultrapassou a quantidade de antígenos no organismo. Mas se a pessoa mantiver o contato com a substância durante vários dias, a quantidade de anticorpos ultrapassará a quantidade de antígenos e provocará então uma reação alérgica. As reações alérgicas acontecerão cada vez mais intensas sempre que o indivíduo entrar em contato com as substâncias alergênicas. As consequencias mais graves da alergia são:

  1. Erupções extensas na pele, às vezes com lesões bolhosas e inchaço.
  2. Edema de Quinck, caracterizado pelo inchaço das vias aéreas superiores (faringe e laringe), o que pode provocar sufocação e morte.

Controle

Como o pólen se dissemina

É importante observar que as alergias não têm cura. No entanto, a identificação das substâncias alergênicas a cada indivíduo é muito importante para o seu controle. Os principais métodos utilizados para o seu controle são:

  1. Vacinas que são produzidas com pequenas quantidades das substâncias alergênicas. As doses vão aumentando gradativamente de modo que o organismo “acostume-se” com as substâncias alergênicas;
  2. Afastamento das substâncias alergênicas;
  3. O uso de cortisona para o tratamento dos casos de alergia agudos. A cortisona e seus derivados são drogas que agem diretamente na quantidade de anticorpos no organismo. Entretanto, o uso da cortisona à longo prazo pode ocasionar a queda de imunidade do organismo provocando o surgimento de infecções oportunistas.

A prevenção é a melhor providência.

Sintomas

Clique na imagem para ampliar

Os sintomas mais comuns que indicam o surgimento das alergias são os resfriados constantes, espirros, coceiras, coriza, dores de cabeça e outros. Por serem tão comuns, muitas vezes não prestamos atenção ao que pode ser um sintoma de alergia. Esta possibilidade aumenta nas grandes cidades devido à poeira e à poluição que circulam livremente. Mas as alergias têm outras fontes como a alimentação, o ar e, às vezes, o simples contato com objetos.Os sintomas locais são:

Nariz: inchaço da mucosa nasal (rinite alérgica).
Olhos: vermelhidão e coceira da conjuntiva (conjuntivite alérgica).
Via aéreas: broncoconstrição, respiração difícil e dispnéia, algumas vezes ataques de asma.
Pele: várias erupções como eczema, urticária e dermatite de contato.

Tipos de Alergias e Alérgenos Mais Comuns

Além das proteínas alheias encontradas em transfusões de sangue e vacinas, os alérgenos mais comuns e seus tipos de alergia incluem:

Pólens de plantas – febre do feno.
Esporos de mofo.
Drogas: penicilinas, sulfonamidas, anestésicos, salicilatos.
Alimentos: alergia alimentar – nozes, frutos do mar, gergelim, clara de ovo, alguns legumes, soja, leite, trigo, milho ou maizena.
Picadas de insetos.
Pêlos de animais.

Tecnologia Do Ozônio Ajuda Na Prevenção

A OZ Engenharia desenvolve uma linha de produtos destinados a prevenção de doenças transmitidas pelo ar, o ozônio gerado pelo equipamento ajuda a proteger o ambiente de agentes contaminantes como alérgenos, fungos, bactérias e vírus, causadores de gripes – inclusive a gripe A (H1N1) também conhecida como gripe suína – rinites, infecções respiratórias e outras doenças;

Como Funciona?

O ar que passa no interior do aparelho é higienizado e o residual de ozônio liberado na frente do aparelho inibe microrganismos presentes no ambiente ou depositados sobre as superfícies dos objetos (mesas, cortinas, pisos e paredes). O aparelho gerador de ozônio Air Life possui tecnologia desenvolvida pela OZ Engenhariae contempla os conceitos de higienização e desinfecção do ar ambiente utilizando o ozônio como barreira sanitária.

Pode ser utilizado em residências, estabelecimentos comerciais, escritórios, clínicas, consultórios, hotéis, restaurantes, hospitais, indústrias e depósitos como complementar da assepsia e higienização do ambiente.

Para adquirir o seu Air Life acesse nosso site de vendas ou nos ligue (51) 3339 0082.

Fontes: vocesabia e minhavida

 

 

Já está no ar a loja virtual da OZ Engenharia, e o primeiro produto a venda é o gerador de ozônio doméstico Air Life, que é indicado para higienização do ar em ambiente doméstico. Um equipamento portátil que pode ser utilizado em forma de rodízio em todos os ambientes da casa ou do escritório. Por ser de fácil utilização o Air Life também é ideal para clínicas, hotéis, pousadas, lojas, creches, escolas, hospitais ou onde haja necessidade em manter o ar higienizado.

Entre no site e confira essa novidade !

www.ozengenharia.com/loja

Loja Virtual OZ Engenharia

 

Pesquisar
Divulgação
Calendário
junho 2019
S T Q Q S S D
« jul    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
Site OZ Engenharia
Águas Limpas
Google +1
Categorias