Posts com a Tag ‘SEMA’

De 29 de setembro a 06 de outubro de 2012, acontece a 19ª Semana Interamericana e 12ª Semana Estadual da Água, com realização da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES-RS, em parceria com a Secretaria Estadual do Meio Ambiente do RS – SEMA. O tema dessa edição é “Para onde vai a água que usamos?” com o objetivo de alertar sobre as conseqüências do mau gerenciamento dos resíduos líquidos.

A programação, com foco em ações ligadas a preservação da água tem a participação de mais de 800 entidades. As empresas parceiras realizarão atividades em todo o Estado do Rio Grande do Sul mobilizando cerca de 1,5 milhões de pessoas.

A OZ Engenharia participa do evento há cinco anos, e nesta edição, em parceria com a Secretaria Executiva do Fórum Gaúcho de Produção mais Limpa / SEMA, realizará um ciclo de palestras sobre a contaminação das águas, os impactos na saúde e meio ambiente, e o uso do ozônio como alternativa no combate à contaminação com agrotóxicos, sob o título O USO DO OZÔNIO NO COMBATE À CONTAMINAÇÃO DAS ÁGUAS COM AGROTÓXICOS.

O evento acontecerá no dia 04/10, no TECNOPUC, localizado na PUCRS. As inscrições para assistir às palestras são gratuitas e já podem ser realizadas no site http://www.ozengenharia.com.br/eventos/.

 

Cartaz de Divulgação. Clique na imagem para vê-la ampliada.

PROGRAMAÇÃO

13h00min às 13h30minCredenciamento

13h30min às 14h15min: Palestra: Ocorrência de agrotóxicos na água potável e de chuva – Me. Fabio Schreiber, Engº Agrônomo e Pesquisador em fitosanidade, UFPel, Pelotas/RS.

14h15min às 15h00min: Palestra:Impactos dos agrotóxicos na saúde e meio ambiente – Dra. Nádia Spada Fiori, professora e pesquisadora do Depto de Medicina Social da UFPEL – Pelotas/RS.

15h00min às 15h45min: Palestra: Vantagens do ozônio no tratamento de efluentes contendo agrotóxicos – Me. Ricardo Furtado, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA, Porto Alegre/RS.

15h45min às 17h00min: Mesa Redonda: Os impactos pelo uso dos agrotóxicos e as novas perspectivas nas políticas públicas
– Dr. Márcio Rosa Rodrigues de Freitas, Coordenador Geral de Avaliação e Controle de Substâncias Químicas – Cgasq e Diretor de Qualidade Ambiental Substituto do IBAMA, Brasília/DF;
– Dra. Tatiane Nardotto, Assessoria Jurídica Parlamentar do Senador Blairo Maggi, Senado Federal, Brasília/DF;
– Me. Cíntia Barenho, Assessora Técnica Ambiental da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul, Porto Alegre/RS;

17h00min às 17h30min: Café de Confraternização

 

SERVIÇO:

Data: 04/10/2012
Horário: 13h00min às 17h30min
Local: Auditório Talento empreendedor do TECNOPUC – PUCRS – [Prédio 96 – I] – Porto Alegre-RS
Realização: OZ Indústria de Equipamentos Geradores de Ozônio.
Patrocínio: SINDIQUIM-RS
Apoio: ABES-RS, TECNOPUC-RS, Conecte Ambiental, FUPEF, UFPR e MAPA.
Informações: (51) 3339 0082
Inscrições Gratuitas: http://www.ozengenharia.com.br/eventos/
 
 

De 1º a 8 de outubro acontece em todo o Rio Grande do Sul, a 18ª Semana Interamericana da Água e 11ª Semana Estadual da Água do Rio Grande do Sul – promovida pela Abes-RS (Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – seção Rio Grande do Sul) em parceria com diversas instituições governamentais e não governamentais. As atividades tiveram início nesse sábado, 1º de outubro, Dia Interamericano da Água, com uma ação dirigida a escolares, na Quinta da Estância Grande, em Viamão/RS. A abertura oficial foi no domingo, em Santa Maria/RS, com duas atividades na Estação das Águas e Pedalando pela Vida com a Corsan.

Este ano, pela primeira vez, o programa é organizado por bacias hidrográficas, regiões em que toda a água converge para um mesmo curso principal. O Rio Grande do Sul tem 25 bacias hidrográficas, e cada uma tem um Comitê de Bacia Hidrográfica, com representantes dos usuários da água, da população da bacia e também do Estado, que é o gestor e proprietário das águas.

O objetivo da Semana da Água é ajudar a alcançar as metas estabelecidas pela comunidade internacional, contidas na Agenda 21 e na Declaração do Milênio (até 2015, reduzir em 50% o número de pessoas sem acesso à água potável e ao saneamento básico no planeta).  As ações promovidas na Semana da Água visam a 1) discutir e aprofundar questões relativas à água, em todos os níveis, 2) impulsionar a execução de programas e projetos em defesa da água e 3) incentivar a cooperação entre as pessoas, para que cada um faça a sua parte em favor da sustentabilidade.

No Brasil, a Semana Interamericana da Água foi celebrada pela primeira vez em 1994, no Rio Grande do Sul. Foi inspirada no Dia Interamericano da Água, criado pela Opas (Organização Panamericana da Saúde) e pela Aidis (Associação Interamericana de Engenharia Sanitária e Ambiental) no XIII Congresso Interamericano de Engenharia Sanitária e Ambiental (Cuba, 1992). Após a primeira celebração do Dia Interamericano da Água, a Abes considerou que o período era muito curto, instituindo, então, a Semana da Água, que é promovida todos os anos, tendo como início o primeiro sábado do mês de outubro data em que comemoramos o Dia Interamericano da Água.

Veja a programação completa no site oficial do evento.

Com informações do site da Corsan.

Na noite desta terça-feira (09/08), a OZ Engenharia, representada por seu Diretor Fábio Rahmeier, esteve presente na cerimônia de entrega do 2º Prêmio Mérito Ambiental Henrique Luiz Roessler. A solenidade aconteceu no Salão Social do Clube Farrapos, em Porto Alegre/RS e foi conduzida pelo jornalista Lasier Martins. O evento foi realizado pela Revista Ecologia & Meio Ambiente, com o apoio da FAMURS e da FEPAM.

Jussara Cony - Secretaria do Meio Ambiente (RS) e Maria Luiza Roessler.

As empresas e entidades premiadas foram escolhidas por sua atuação diferenciada no tratamento das questões ambientais e socio-ambientais. Entre elas estvamTractebel Energia S.A., Randon S.A., Marcopolo S.A., Borrachas Vipal, Prefeitura de Rio Grande, Polar Ambiental, Copelmi, Reverse, SAMAE/Prefeitura de Caxias do Sul, Sulgás, SOMAR Mineração, Gratt Industria de Máquinas, Melnick Even, Bressan Inovações Ambientais, Via Norte Resíduos, Arlindo Luwig e Cia Ltda., Prefeitura de Garibaldi e Mecanicapina. Ainda foi entregue um troféu “in memoriam” para Maria Luiza Roessler, neta de Henrique Luiz Roessler.

No intuito de aproximar secretários e conselheiros municipais de meio ambiente, a FAMURS – Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul, através do CONDIMMA – Conselho dos Dirigentes Municipais de Meio Ambiente, e a ANAMMA – Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente promovem dois seminários simultâneos. O 15º Encontro Anual dos Dirigentes Municipais de Meio Ambiente do RS e o 2º ECOMMA – Encontro dos Conselhos Municipais de Meio Ambiente acontecerão entre os dias 9 e 11 de agosto, no Salão Social do Clube Farrapos (Rua Professor Cristiano Fischer, 1331).

A abertura do evento acontecerá as 16h30 do dia 09/08, terça-feira, com a presença do presidente da FAMURS, Mariovane Weis; da secretária de Estado do Meio Ambiente, Jussara Cony; do presidente do CONDIMMA, Airton José Scheffel, entre outras autoridades. Dentro da programação do encontro, na noite do mesmo dia, será realizada a entrega do 2º Prêmio Mérito Ambiental Henrique Luiz Roessler, destinado a instituições, empresas, sindicatos e prefeituras que tiveram atuação diferenciada no tratamento das questões ambientais e socioambientais. O Prêmio conta com o apoio da Sema, FEPAM e FAMURS.  A OZ Engenharia estará presente na solenidade de premiação prestigiando os vencedores, representada por Fábio Rahmeier, Diretor da empresa.

Para saber mais sobre o encontro e a programação, acesse o site da FAMURS.

Nesta terça-feira (28/06) a OZ Engenharia esteve presente no Seminário de Apresentação dos Resultados do Plano Ar, Clima e Energia do Rio Grande do Sul (PACE).

O PACE é um convênio de cooperação entre os governos francês, brasileiro e do Rio Grande do Sul. O objetivo principal do Plano é auxiliar o RS na elaboração de uma estratégia territorial global e integrada de gestão da qualidade do ar, das emissões de gases de efeito estufa, das mudanças climáticas e da energia. O documento apresentado no seminário desta terça-feira é fruto de um estudo realizado durante 16 meses, com trabalho técnico e discussões com parceiros, visando apoiar a tomada de decisões do Estado envolvendo questões relacionadas ao ar, clima e energia.


Foto: Camila Domingues/Palácio Piratini

O evento, que aconteceu no Clube do Comércio em Porto Alegre/RS, teve as presenças da Secretária Estadual do Meio Ambiente (SEMA), Jussara Cony; do diretor-presidente da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (FEPAM), Carlos Fernando Niedersbergque; do Chefe do projeto PACE/RS e Diretor-Presidente da EnvirOconsult, Olivier Decherf; da Coordenadora do projeto Ar do Sul (FEPAM), Iara Britto Martins;  da Representante da Agência Francesa do Meio Ambiente e da Gestão da Energia (ADEME), Cécile Martin-Phipps. Parceiros na realização do projeto, eles apresentaram o plano e as estratégias para sua implantação.

Jussara Cony lembrou que, até então, a política ambiental ainda não havia sido considerada uma questão estruturante para os governos gaúchos. Agora, no entanto, o PACE “é um dos projetos considerados estratégicos para o desenvolvimento sustentável do Estado” afirmou a secretária do Meio Ambiente. Jussara ainda defendeu o uso da ciência e tecnologia como aporte para o desenvolvimento sustentável.

O seminário apresentou alternativas de financiamento para projetos de gestão ambiental com palestras de Guilherme Martins, representante do Departamento do Meio Ambiente do BNDES e Carlos Henrique Horn, Vice-Presidente e Diretor de Planejamento do BRDE. Ainda, mostrando exemplos de ações que já estão sendo desenvolvidas para minimizar impactos no clima,  assistimos a explanação de Ansberto do Passo Neto – Diretor do Centro de Estudos de Biogás do Parque Tecnológico de Itaipu, Plataforma Itaipu de Energias Renováveis e o Ciclo de Palestras do Codesul (Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul) com Eliane Dias Ribeiro, Eduardo Felga Gobbi e Flávia Hila representantes de órgãos ambientais do Mato Grosso do Sul, Paraná e Santa Catarina, respectivamente.

Para saber mais sobre o PACE acesse: http://www.sema.rs.gov.br

Na quinta-feira, dia 30 de setembro a OZ Engenharia juntamente com o Fórum Gaúcho de produção mais limpa da Secretaria Estadual do Meio Ambiente/SEMA, promoveu o Ciclo de Palestras: A Otimização no uso dos recursos hídricos em setores produtivos e serviços.

O evento contou com a presença maciça de um público interessado na manutenção e preservação de nossos recursos naturais, sobretudo da água. Estavam entre os participantes representantes de órgãos municipais e estaduais como a SEMA, FEPAM, SMAM, DMAE, CORSAN, CEEE, CIENTEC e Banrisul, além de estudantes e empresários do setor Ambiental.

A primeira palestra, ministrada por Ricardo Furtado (Engº e Fiscal do MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), trouxe ao conhecimento do público presente as exigências desse Ministério em relação ao tratamento de resíduos de agrotóxicos provenientes da pulverização da aviação agrícola. A Instrução Normativa 002/2008 que passou a vigorar em junho de 2010 determina que toda a aeronave que realize pulverização de agrotóxicos, providencie o tratamento deste resíduo e a armazenagem em tanque de contenção adequado. A recomendação é que este tratamento possa ser feito com ozônio, que após testes realizados se mostrou a melhor opção na relação custo x eficácia.

Daniel Medeiros responde as dúvidas sobre certificações LEEDDaniel Medeiros responde as dúvidas sobre certificações LEED
 

Na segunda palestra, Daniel Medeiros esclareceu as dúvidas da platéia com relação à certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) – Green Building. Para conseguir essa certificação a construção deve atender alguns pré-requisitos relacionados à sustentabilidade determinados pela USGBC - United States Green Building Council. Sendo submetidos a uma pontuação de acordo com o nível da classificação LEED, essa certificação só será efetivada após a construção do prédio e a confirmação de que os pré-requisitos foram atendidos. “A certificação LEED é uma tendência para os novos prédios”- afirmou Daniel.

Rafael Zaneti explanou na terceira palestra sobre a reciclagem da água na lavagem de veículos. Uma prática que inova tanto na economia de água quanto na diminuição do custo final para a realização deste serviço. Rafael trouxe um exemplo de produto que tem seu início na pesquisa acadêmica e é colocado em prática com aceitação pelo mercado.

Na quarta e última palestra, Manuel Strauch nos apresentou as vantagens das estações de tratamento compactas e os exemplos que já funcionam na Europa, salientando a aplicabilidade dessa tecnologia no Brasil.

No encerramento do Ciclo de Palestras a OZ Engenharia presenteou a quem assistia o evento com uma intervenção cênica, com concepção de Daniel Anillo, onde Aline Karpinski e Michel de Paula interpretaram através da dança, a luta entre o Homem e a força da Água. O Homem acaba se dando conta do mau que está fazendo para a natureza e que não pode viver sem ela.

O Ciclo de Palestras aconteceu em comemoração à 17ª Semana Interamericana e 10ª Semana Estadual da Água com realização da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - ABES (http://www.abes-rs.org.br/semana_da_agua/2010), em parceria com a Secretaria Estadual do Meio Ambiente - Sema (http://www.sema.rs.gov.br).

Ricardo Furtado fala sobre o tratamento de resíduos de agrotóxicos

Ricardo Furtado fala sobre o tratamento de resíduos de agrotóxicos

Manuel Strauch, Rafael Zaneti e Ana Cruzat

Manuel Strauch, Rafael Zaneti e Ana Cruzat

Fábio Rahmeier - Diretor OZ Engenharia e Ana Cruzat - Assessora SEMA

Fábio Rahmeier - Diretor OZ Engenharia e Ana Cruzat - Assessora SEMA

Pesquisar
Divulgação
Calendário
maio 2017
S T Q Q S S D
« jul    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
Site OZ Engenharia
Águas Limpas
Google +1
Categorias