Posts com a Tag ‘reciclagem’

Ozônio evita o mau cheiro em locais com manipulação de lixo.

A tecnologia limpa baseada na utilização do ozônio possui uma série de vantagens para diversas áreas, pois, o gás é um excelente oxidante e tem ação bactericida e fungicida sobre os microrganismos. O ozônio pode ser utilizado, por exemplo, para controle de odores em depósitos de lixo.

Muitos condomínios e empresas possuem locais apropriados para acondicionar seus lixos, para que sejam futuramente recolhidos pelas companhias de coleta, mas muitas vezes esse acúmulo de lixo gera odores desagradáveis tanto para os moradores/funcionários quanto para seus vizinhos.

O ozônio é uma solução limpa, barata e ecológica para eliminar o mau cheiro desses locais, pois é de fácil instalação e pode permanecer durante 24 horas no local eliminando totalmente qualquer odor desagradável. Os aparelhos desenvolvidos pela OZ Engenharia não saturam o ambiente pois produzem o gás em intervalos intermitentes deixando o local sem riscos de contaminação, afastando insetos, roedores e mantendo a qualidade do ar no ambiente.

Os locais onde o uso do equipamento se torna ainda mais eficiente e necessário são restaurantes, shopping centers, hospitais, indústrias com refeitórios, empresas de catering, condomínios, clubes, bares e todos os locais que trabalham com grandes acúmulos de lixo.

Para mais informações sobre nossos produtos nos ligue (51) 3339 0082, acesse nosso site ou nos encaminhe um e-mail: atendimento@ozengenharia.com.br  – temos locais comprovados de uso do nosso equipamento onde o mau cheiro e problemas ocasionados pelo lixo foram solucionados.

 

 

 

 

 

De acordo com estatísticas do IBGE (Instituto Brasileiro de Estatística e Geografia) no Brasil são produzidos cerca de 220 mil toneladas de lixo, sendo o lixo popular (125 mil) responsável por mais da metade. Desse total apenas quatro mil toneladas são encaminhadas para as coletas seletivas. Precisamos nos conscientizar para que esse lixo não se torne cada vez mais prejudicial as nossas vidas. Você sabe por exemplo quanto tempo demora para se decompor cada tipo de lixo ? Veja abaixo uma tabela e mais informações sobre o lixo nosso de cada dia.

Tempo para decompor

Para onde vai o lixo?

Lixões: Grandes aterros de áreas alagadas a céu aberto, onde os resíduos são despejados.
Vantagem: nenhuma
Desvantagem: Coloca em risco a saúde da população, poluindo o solo, a água e o ar.

Aterros sanitários: Aqui os resíduos são compactados e cobertos com terra.Existe tratamento dos gases e líquidos produzidos pelo lixo e controle de animais transmissores de doenças .
Vantagem: É uma técnica confiável, com baixo custo operacional.
Desvantagem: Mal administrados, os aterros se transformam em depósitos de ratos e insetos. Não há reciclagem de vários materiais.

Incineração: Os resíduos são queimados em altas temperaturas e transformados em cinzas.
Vantagem:
Reduz o volume de resíduos. É higiênico e apropriado, principalmente para o lixo hospitalar.
Desvantagem: Custo alto, os diferentes tipos de resíduos podem causar danos ao incinerador, e a fumaça produzida polui o ar.

Compostagem: São lugares onde sobras de comida, restos de podas de árvores e esterco de animais, são tranformados em adubo.
Vantagem: Reduz o volume de resíduos. O produto final pode ser utlizado como adubo e cobertura de aterros sanitários.
Desvantagem: O processo é lento e elimina gases mal cheirosos.

Reciclagem: O material é reaproveitado passando por um processo de transformação e retornando ao ciclo produtivo.
Vantagem: Diminuição dos problemas ambientais ( menos poluição, menos gastos com água e energia)
Desvantagem: Nenhuma

Como separar o lixo

O que deve ir para a coleta seletiva:

cores da reciclagem

Papel: jornais, revistas, papelão, formulários, papéis brancos, cartões, aparas de papel, papel- toalha, cartolina, embalagens de ovo, fotocópia, envelopes e caixas em geral.
Plástico: copos plásticos, vasilhas, embalagens de refrigerante, sacos de leite, frascos de shampoo e de detergentes, embalagens de margarina, tubos de canos de PVC.
Vidros: copos, garrafas, potes, frascos e cacos.
Metal: chapas metálicas, latas de alumínio, panelas, fio, arames, pregos, sucatas de ferro e cobre.

O que não deve ir para a coleta seletiva:
Papel: etiquetas adesivas, papel carbono e de estêncil, papel plastificado, fita crepe, papel de fax, papel metalizado, papéis sujos de alimentos e guardanapos.
Plástico: tomadas, cabos de panela, embalagens de biscoito, náilon e poliester.
Metal: clips, esponjas de aço e grampos.
Outros: espelho, lâmina, pirex, porcelana, cerâmica e tubos de TV.

Ações conscientes:

Reutilize recipientes plásticos de produtos como margarinas ou sorvetes. Bem lavados, eles servem para guardar outros alimentos.

Corretamente acondicionados, os alimentos permanecem frescos por mais tempo. Dessa forma, joga-se menos comida no lixo.

Evite comprar comida além do necessário. Uma parte acaba se estragando e indo para o lixo.

Coloque a quantidade suficiente de comida para sua satisfação,e não sobrar no prato e ir para o lixo.

Não jogue lixo em terrenos baldios, rios e córregos. Isto pode causar enchentes, e perigo de contaminação por ratos e insetos.

Resíduos de construção civil também devem ser separados. Eles podem ser reutilizados para pavimentação, contenção de encostas e na construção de casas populares.

Não jogue lixo na rua ou pela janela do carro. Colabore com a limpeza e saúde de sua cidade.

Não é necessário jogar sobras de verduras e frutas no lixo. Muitas vezes eles podem ser reaproveitados, não se esqueça que muita gente passa fome no país.

Separe os resíduos em casa. Depois é só você entregar os sacos para a coleta seletiva. Assim, você estará contribuindo para um planeta mais saudável.

 

Fonte: http://www.embalixo.com.br

Milhares de brinquedos são jogados no lixo a cada dia, se levarmos em conta que um brinquedo de plástico pode levar mais de 100 anos para se decompor, podemos calcular que estamos sujando o nosso planeta para os netos de nossos filhos, e isso não é brincadeira.

Então o designer Robert Bradford teve a ideia de coletar esses brinquedos descartados e os transformar em lindas esculturas.

O resultado é super bacana e o mais incrível é que algumas esculturas chegam a utilizar 3 mil brinquedos!

O divertido é ficar observando as esculturas e identificando os brinquedos que ele usou, podemos inclusive procurar um briquedo que fez parte da nossa infância, quem sabe ele não está ali !

Se quiser saber mais sobre o artista e suas obras acesse o site: http://www.robertbradford.co.uk/

 

 

 

Fonte: www.coletivoverde.com.br

Não sabe onde depositar baterias usadas, pilhas, lâmpadas ou até aquele microondas antigo, que pega poeira num canto da casa? O Instituto Sergio Motta, com sede em São Paulo, criou o E-Lixo Maps, uma ferramenta que mapeou o cadastramento de postos de coleta e reciclagem de lixo eletrônico em todo o Brasil. Basta digitar o seu endereço e filtrar que tipo de rejeito você quer descartar adequadamente, como “celular”, “DVD”, “bateria” ou “computador”. agora ficou fácil descartar de maneira correta o seu lixo eletrônico.

O artista plástico uruguaio Juan Muzzi, que mora no Brasil há 41 anos, encontrou um destino realmente sustentável e útil para o plástico das garrafas PET. Ele faz bicicletas! O projeto levou 12 anos para ficar pronto e há um ano e meio o produto está sendo produzido sob encomenda na fábrica fundada por Juan em São Paulo.

No processo de produção, o plástico granulado é misturado a outras substâncias químicas e injetado em um molde de aço. Um quadro pode ser feito em apenas dois minutos e meio. Quando é feito somente de PET são utilizadas 200 garrafas.

A bicicleta feita de garrafas PET já faz tanto sucesso que mesmo com a produção mensal de 15 mil unidades, há uma fila de espera de pelo menos 2.500 pessoas para adquirir o produto. O valor de cada bicicleta fica entre R$ 400,00 e R$ 3.000,00, dependendo dos acessórios escolhidos pelo cliente.

A grande procura se justifica pelas vantagens, pois, o plástico é mais resistente, flexível e barato. Além disso, não enferruja, tem amortecimento natural e sua fabricação ainda transforma resíduos sólidos em um novo produto, beneficiando o meio ambiente.

As encomendas podem ser feitas pelo site http://www.muzzicycles.com.br/.
Com informações do site da MuzziCycles e do site Ciclo Vivo.

Um convênio firmado na segunda, dia 6, entre a Receita Federal de Santa Maria e a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Rio Grande do Sul, possibilitará que bebidas alcoólicas apreendidas por contrabando se transformem em combustíveis, álcool para limpeza e até álcool gel. Garrafas de vodca, uísque, vinho e outras bebidas serão encaminhadas à microdestilaria do Colégio Politécnico da universidade como matéria-prima para elaboração dos produtos.

Segundo o delegado da Receita Federal de Santa Maria, Alexandre Rampelotto, desde 2008 as bebidas recolhidas em condições ilegais ou sem o selo do Imposto de Produto Industrializado (IPI) vinham sendo destruídas. A Receita pode ainda leiloar ou até doar as bebidas para órgãos públicos.

Com o processo que será desenvolvido no Colégio Politécnico, haverá o aproveitamento total das bebidas. O álcool será destilado e dele resultarão produtos para limpeza e combustíveis que serão usados em veículos, limpeza e em laboratórios da UFSM. O resíduo da produção será transformado em um adubo rico em nutrientes. Já o vidro das garrafas será encaminhado para cooperativas de reciclagem.

Fonte: http://www.canalrural.com.br/

Pesquisar
Divulgação
Calendário
agosto 2017
S T Q Q S S D
« jul    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Site OZ Engenharia
Águas Limpas
Google +1
Categorias