Posts com a Tag ‘Cinema’

Em São Paulo, as salas que exibem filmes 3D vão ter que higienizar os óculos especiais. Quem não cumprir a lei, vai pagar multa e sofrer punições, como a suspensão das atividades por tempo indeterminado ou até mesmo a cassação da licença de funcionamento. Essa medida foi tomada para evitar que vírus e bactérias, causadores de doenças como a conjuntivite, se espalhem pela plateia.

“Se uma pessoa com conjuntivite põe os óculos, o vírus ou bactéria pode ficar presos na armação ou na lente. Outra pessoa saudável, que puser os óculos logo em seguida, pode levar esse vírus ou bactérias para os seus olhos e ter conjuntivite. E os vírus ou bactéria pode ficar armazenados nesses materiais inanimados por até sete dias”, explica o oftalmologista Newton Kara José, do Hospital Sírio-Libanês.

Os médicos dizem que para matar vírus e bactérias é preciso lavagem com água quente e detergente, álcool ou ozônio. O modo de secar e embalar sem o contato com as mãos também é recomendado.

Fonte: Site Bom Dia Brasil

Confira matéria completa em: http://glo.bo/jKlGZT

Quem está em Porto Alegre (RS) pode conferir de 24 a 31 de março o 7º Festival de Verão do RS de Cinema Internacional. Na programação, mais de 70 filmes do mundo inteiro, eventos gratuitos como aulas magnas e workshops, além de sessões comentadas por atores, diretores, produtores.

Dentro dessa programação intensa, destacamos a Mostra Ambiental que traz documentários realizados no Brasil, Dinamarca e Holanda. Os assuntos vão desde a reciclagem até a exposição da grave situação de pessoas do Quênia que são prisioneiras da indústria mundial das flores.

A mostra será exibida na Sala P.F. Gastal da Usina do Gasômetro. Para mais informações veja o site oficial do evento: www.festivalveraors.com.br.

Filmes participantes da Mostra Ambiental

Caçando Capivara
Documentário, Brasil, 2009, 57′
Caçadores Tikmu un saem com seus cães e espíritos aliados em busca da capivara. Cantos, olhares e eventos. Intensiades que se agitam sob um plano de aparente silêncio.
Direção: Derli, Marilton, Fernando, João Duro, Janaína, Joanina, Juninha e Zé Ca
Premiações: Troféu Jesco Von Putkamer – Melhor média-metragem

Efeito Reciclagem
Documentário, Brasil, 2009, 93′
Muitas vezes, marginalizado pela sociedade, o submundo da reciclagem de São Paulo – a maior metrópole do Brasil – é o pano de fundo para a história comovente de Claudinês e sua família. Efeito Reciclagem revela o dia-a-dia deste homem, pai de mais de 27 crianças, e de muitos outros que vivem da coleta de material reciclável que jogamos fora.
Direção e roteiro: Sean Walsh
Elenco: Claudinês Alvarenga
Fotografia: Ted Carioba
Montagem: Cristina Amaral
Premiações: Troféu Carmo Bernardes – Melhor longa-metragem

Trazendo Vida ao Espaço (Bring Life to Space)
Documentário, Dinamarca, 2010, 57′
Por várias décadas o homem tem se preparado para longas viagens no espaço e para povoar outros planetas. Esta série de documentários históricos em três partes nos leva de volta aos anos 1960 e revela imagens únicas a partir de experiências da Rússia, onde as pessoas foram confinadas por um ano em um container.
Direção: Jakob Gottschau e Ojvind Hesselager
Premiações: Troféu Bernardo Élis – Melhor série televisiva

Um Negócio Florescente (A Blooming Business)
Documentário, Holanda, 2009, 52′
Documentário poético de Ton van ZANTVOORT sobre as pessoas no Quênia que são prisioneiras da indústria mundial das flores. Os dilemas da indústria tornam-se bem claros num mundo de opressão, abuso sexual e péssimas condições de trabalho. Há apenas uma conclusão possível: o cheiro da rosa importada não é doce, mas sim amargo.
Direção: Ton van Zantvoort
Elenco: Rachael Wise, Robyn Wise
Premiações: Troféu Imprensa – Melhor filme, eleito pela imprensa.

Vida Seca
Documentário, Brasil, 2009, 12′
Documentário musical sobre o grupo goianiense Vida Seca, que toca percussão com instrumentos musicais feitos de lixo, e as oficinas que desenvolvem misturando músicalidade e meio ambiente.
Diretor: Diego Mendonça
Premiações: Troféu João Bennio – Segunda Melhor Produção Goiana

Trailer: Um Negócio Florescente

No próximo domingo, 27 de fevereiro, nós brasileiros teremos mais um motivo para acompanhar a cerimônia do Oscar. O filme “Lixo Extraordinário” vai concorrer à estatueta de Melhor Documentário.

Em uma coprodução Brasil/Reino Unido, o filme acompanha o trabalho do artista plástico Vik Muniz em um dos maiores aterros sanitários do mundo: o Jardim Gramacho, na periferia do Rio de Janeiro. O filme retrata a realidade e o trabalho das pessoas que vivem naquele ambiente e como a arte transforma o seu cotidiano.

O paulista Vik Muniz é conhecido por produzir fotografias que reproduzem imagens artísticas usando materiais inusitados como açúcar, chocolate, lixo, diamantes, poeira e outros. Seu trabalho pôde ser visto recentemente na TV na abertura da novela “Passione”.

As filmagens aconteceram entre agosto de 2007 a maio de 2009 e não teria melhor momento para o documentário entrar em evidência, já que nunca se discutiu tanto sobre o destino que devemos dar para nosso lixo. Estamos na era da reutilização e da reciclagem.  Além disso, o filme faz refletir sobre a nossa relação com o lixo e como enxergamos as pessoas que vivem dele.

Fica a torcida para que o filme conquiste o prêmio!

Site oficial: http://www.lixoextraordinario.net

Assista ao trailer:

No próximo domingo, 27 de fevereiro, nós brasileiros teremos mais um motivo para acompanhar a cerimônia do Oscar. O filme “Lixo Extraordinário” vai concorrer à estatueta de Melhor Documentário. Em uma coprodução Brasil/Reino Unido, o filme acompanha o trabalho do artista plástico Vik Muniz em um dos maiores aterros sanitários do mundo: o Jardim Gramacho, na periferia do Rio de Janeiro. O filme retrata a realidade e o trabalho das pessoas que vivem naquele ambiente e como a arte transforma o seu cotidiano.

As filmagens aconteceram entre agosto de 2007 a maio de 2009 e não teria melhor momento para entrar em evidência, já que nunca se discutiu tanto sobre o destino que devemos dar para nosso lixo. Estamos na era da reutilização e da reciclagem.

O paulista Vik Muniz é conhecido por produzir fotografias que reproduzem imagens artísticas usando materiais inusitados como açúcar, chocolate, lixo, diamantes, poeira e outros. Seu trabalho pôde ser visto recentemente na TV na abertura da novela “Passione”.

Fica a torcida para que o filme conquiste o prêmio!

Assista ao trailer:

Pesquisar
Divulgação
Calendário
janeiro 2021
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Site OZ Engenharia
Águas Limpas
Google +1
Categorias