A Feira Internacional de Tecnologia para o Meio Ambiente que aconteceu na semana passada em Bento Gonçalves/RS, reuniu mais de 200 expositores de diversos setores.  Indústrias, serviços, órgãos públicos, todos apresentando propostas para um desenvolvimento mais sustentável.

Além dos expositores, os visitantes da feira contaram com uma intensa programação paralela. Seminários, congresso, rodadas de negócios, vila sustentável e exposição de arte, fizeram parte das atrações. Um dos destaques foi a Casa Sustentável, construída  com todos os recursos que aliam conforto e respeito ao meio ambiente. Madeira de demolição, reaproveitamento de água da chuva, placas fotovoltaicas para produção de energia solar, módulo eólico, biodigestor, horta e canteiros produtivos, telhado vivo e parede verde, além da orientação solar pensada no momento da construção conferem uma condição de bem estar e preservação ambiental.

Secretario Meio Ambiente RS Helio Corbellini na Cerimônia de abertura da FIEMA 2012

Ricardo Furtado do Ministério da Agricultura no Seminário de Gestão Ambiental na Agropecuária

Coral do Instituto Tarcisio Michelon e a Casa Sustentável ao Fundo

Arte

No Salão de Arte Ambiental, uma variedade de obras de artistas de todo o Brasil, coloriram ainda mais a feira com telas, esculturas e instalações.

O que é ozônio?

O estande da OZ Engenharia chamou atenção, pois, poucos visitantes conheciam as propriedades do gás ozônio. Além disso, foi a primeira vez que uma indústria de geradores de ozônio participou da FIEMA. Empresários vislumbraram uma nova forma de tratar a água e efluentes com um sistema que não agride o meio ambiente, além de ser mais vantajoso na relação custo x benefício. Muitas universidades também visitaram a feira e se interessaram em  desenvolver estudos sobre as aplicações do ozônio.

A FIEMA foi uma ótima vitrine para exposição de nossa tecnologia e realização de contatos com empresários do setor. Já estamos curiosos para  saber as novidades da próxima edição que acontecerá em 2014.