Arquivo da Categoria ‘Cultura’

Descartar corretamente resíduos líquidos e sólidos, controlar a emissão de gases prejudiciais à atmosfera, utilizar os recursos de forma sustentável, enfim cuidar do meio ambiente. São ações que trazem benefícios para o futuro do ser humano, mas sobretudo para preservar a fauna e flora  do planeta.

A vida marinha é um dos ecossistemas mais curiosos e de inexplicável beleza. Conhecer e saber mais sobre ele, conscientiza para sua preservação.

Quem estiver na capital paulista, pode conferir a exposição que acontece durante o mês de agosto no Aquário de São Paulo. O fotógrafo e mergulhador Ary Amarante, traz mais de 30 fotos mostrando toda a diversidade e beleza do fundo do mar. As fotos foram retiradas de seu livro “Vida Marinha” (editora Cultura Sub).

Abaixo uma mostra:

Serviço:

Data: 1º a 31 de agosto
Horário: de segunda a domingo das 9h00 às 18h00
Local: Aquário de São Paulo
Endereço: Rua Huet Bacelar, n° 407
Telefone: (11) 2273-5500

Fotos: Ary Amarante

Com informações de: Revista Época

Criada pelo designer Ross Lovegrove  o poste em formato de árvore vai iluminar a cidade até setembro para homenagear os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Londres, que prometem ser os mais verdes já realizados.

O poste é equipado com células fotovoltaicas que transformam a luz do sol em eletricidade. Em formato de árvore, o poste tem 20 hastes verdes com painéis solares e galhos de LED. As luzes se acendem automaticamente quando escurece.

A árvore solar iluminará a cidade até o final de setembro, quando terminarem os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Londres. Na base do poste existe espaço para as pessoas se sentarem.

Design, inovação e cuidado com o meio ambiente. Uma ótima ideia que poderia ser implantada definitivamente em cidades de todo o mundo.

Os Jogos Olímpicos de 2012 acontecerão em Londres, de 27 de Julho a 12 de Agosto de 2012, seguidos pelos Jogos Paraolímpicos de Verão de 2012, que se realizarão entre 29 de Agosto e 9 de Setembro.

Veja outras notícias sobre os jogos olímpicos na Página oficial dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 (em inglês) e na Página sobre os Jogos Olímpicos de Londres 2012 em português (em português).

Com informações da Revista Exame

Agradecemos imensamente a participação de todos!
Adoramos os comentários sobre a importância da arte na vida de cada um.

Também partilhamos da opinião de que a cultura contribui para a formação de cidadãos mais conscientizados que irão, inclusive, cuidar melhor do Meio Ambiente.

O sorteio foi realizado pelo site: http://sorteiospt.com/

Os contemplados foram:

1- Clark da Cunha Sá

2- Alcides Puerari Filho

3- Melissa Quintana Huf

4- Lisiane Coelho


PARABÉNS!

Entraremos em contato com os vencedores por e-mail .

Abaixo as telas do sorteio.

Imagem da lista de nomes participantes

Imagem Sorteio das 4 cortesias

Estamos sempre pensando em novidades para presentear os leitores do Blog OZ. Fique ligado, a qualquer momento, lançaremos mais uma promoção!

A OZ Engenharia irá sortear 4 cortesias com direito a acompanhante para os leitores do OZ Blog.

Para Sempre Terra do Nunca. Foto: Lisa Roos

A apresentação do espetáculo “Para Senpre Terra do Nunca” foi prorrogada e seguirá em cartaz até o dia 08 de julho em Porto Alegre/RS, encantando crianças e adultos no Teatro Novo do DC Navegantes.

Reunindo personagens clássicos da literatura infantil como Capitão Gancho, Branca de Neve, Chapeuzinho Vermelho, Cinderela, e o tão desejado Príncipe, “Para Sempre Terra do Nunca” é uma peça que chama a atenção para a importância de se manter vivo o hábito da leitura nas crianças.

A OZ Engenharia, convida a todos para assistir a essa divertida história e irá sortear 4 cortesias com direito a um acompanhante cada!

Para participar basta escrever um comentário abaixo com a frase: “Quero assistir ao espetáculo Para Sempre Terra do Nunca a convite da OZ Engenharia”. Participe!

O sorteio será nesta sexta-feira, 22/06 e as cortesias serão válidas para os dias: 24/06, 01/07 e 08/07.

Para Sempre Terra do Nunca

Em cartaz até o dia 08/07

Sempre aos domingos às 17h
Teatro Novo DC – DC Shopping
Rua Frederico Mentz, 1561 D – Navegantes – Porto Alegre/RS
Informações: 51 3374-7626 / 3374-3722 – www.teatronovo.com.br

De 13 a 22 de junho de 2012, acontece no Rio de Janeiro a RIO+20 – Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável. A Rio+20 é assim denominada porque marca os vinte anos de realização da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (Rio-92, ou Eco 92 como ficou conhecida) e deverá contribuir para definir a agenda do desenvolvimento sustentável para as próximas décadas.

A programação contempla diversos níveis da sociedade, engajando o mundo em uma discussão global para a construção de um futuro mais sustentável. Assim como aconteceu na Eco 92, diversos Chefes de Estado e de Governo dos países-membros das Nações Unidas irão participar da Conferência. Os dois temas centrais de discussão da Rio+20 serão: A economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobrezaEstrutura institucional para o desenvolvimento sustentável.

Vários setores do governo brasileiro criaram ações para somar à programação do evento . O Ministério da Cultura (MinC) lançou o hotsite Cultura e Sustentabilidade e promove durante a Rio+20, debates, mostras de filme, exposições de arte, entre outras ações, tudo relacionado ao meio ambiente.

Os Ministérios do Meio Ambiente (MMA) e do Turismo, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), lançaram na Semana do Meio Ambiente o Passaporte Verde. A ação visa estimular o turista a adotar um comportamento de consumo responsável, e assim dar a sua contribuição para a conservação da natureza e a valorização da cultura dos destinos visitados, tornando a viagem mais prazerosa e recompensadora tanto para o turista quanto para a comunidade visitada.

Quem não estiver no Rio de Janeiro pode acompanhar o evento pelo site oficial: http://www.rio20.gov.br/.

Uma maneira diferente e ecológica de grafitar um muro, sua casa, jardim ou onde você achar interessante.

GRAFITE DE MUSGO

–  3 chumaços de Musgo / 700ml de Água Morna; esfarele o Musgo: jogue a Água.

– 2 colheres de sopa de Gel Hidroretentor (você encontra em lojas de plantas); adicione o Gel Hidroretentor para plantio.

– 120 ml de Leitelho (Para fazer uma xícara de Leitelho é muito fácil, apenas acrescente uma 1 colher (sopa) de suco de limão ou vinagre branco em uma xícara de leite e deixe descansar por cerca de 10 minutos antes de usar.

– Coloque tudo no liquidificador e deixe até virar um mingau

– Ponha a mistura em um Balde

– Pinte sobre Madeira ou Concreto Áspero

– Umedeça Semanalmente

– Veja sua Arte crescer

Veja como fazer

Em comemoração ao Dia da Terra, em 22 de abril, o movimento  Porto Alegre Mais Limpa e Verde, organizou a “Retomada da Prainha do Iberê”.  A ação reuniu dezenas de voluntários e realizou a limpeza da orla do lago Guaíba no trecho localizado em frente à Fundação Iberê Camargo (museu dedicado à memória e acervo do pintor gaúcho). Em um trecho de 600m, foi recolhida uma tonelada de lixo.

Soubemos da iniciativa através do comentário de Jorge Piqué em nosso post sobre o Dia da Terra. Jorge, que é um dos idealizadores do projeto, escreveu um texto sobre a limpeza da orla, que pode ser conferido aqui. Abaixo o vídeo da Retomada da Prainha:

Bandeira não-oficial do Dia da Terra: O Planeta sobre um fundo azul. Fonte: Wikipédia

Em 22 de abril de 1970, o senador americano Gaylord Nelson, ativista ambiental, organizou uma manifestação que reivindicava a criação de uma agenda ambiental. Desta manifestação participaram duas mil universidades, dez mil escolas primárias e secundárias e centenas de comunidades. A partir da pressão social o governo dos Estados Unidos criou a Agência de Proteção Ambiental (Environmental Protection Agency) e uma série de leis destinadas à proteção do meio ambiente. Desde então a data é comemorada e reservada para discussões sobre a preservação do nosso planeta.

Mas muito antes disso, a Terra vem sofrendo as consequências da falta de cuidado e exploração desmedida. Em 1850, o chefe indígena Seattle  escreveu uma carta ao presidente dos EUA, quando o governo norte-americano propôs comprar as terras de seu povo. Este documento tem sido considerado um dos mais belos pronunciamentos já feitos em respeito à defesa do meio ambiente. Abaixo alguns trechos:

“Como é que se pode comprar ou vender o céu, o calor da Terra? Essa idéia nos parece estranha. Se não não possuímos o frescor do ar e o brilho da água, como é possível comprá-los?

Cada pedaço desta terra é sagrado para meu povo. Cada ramo brilhante de um pinheiro, cada punhado de areia das praias, a penumbra na floresta densa, cada clareira e inseto a zumbir são sagrados na memória e experiência de meu povo. A seiva que percorre o corpo das árvores carrega consigo as lembranças do homem vermelho.

(…)

O ar é precioso para o homem vermelho, pois todas as coisas compartilham o mesmo sopro – o animal, a árvore, o homem, todos compartilham o mesmo sopro.

(…)

Vocês devem ensinar as suas crianças que o solo a seus pés é a cinza de nossos avós. Para que respeitem a terra, digam a seus filhos que ela foi enriquecida com as vidas de nosso povo. Ensinem as suas crianças o que ensinamos às nossas: que a terra é nossa mãe. Tudo o que acontecer à terra, acontecerá aos filhos da Terra. Se os homens cospem no solo, estão cuspindo em si mesmos.

Isto sabemos: a Terra não pertence ao homem; o homem pertence à Terra. Isto sabemos: todas as coisas estão ligadas como o sangue que une uma família. Há uma ligação em tudo. O que ocorrer com a Terra recairá sobre os filhos da Terra. O homem não tramou o tecido da vida; ele é simplesmente um de seus fios. Tudo o que fizer ao tecido, fará a si mesmo.”


Clique aqui para ler a carta na íntegra.

Fontes: Wikipédia e Turminha do MPF

O Blog coletivo verde fez uma coletânea de prédios que são referência em arquitetura sustentável, nela você pode conferir que não há um padrão a ser seguido: pode-se utilizar desde os materiais mais simples, como a terra existente no próprio terreno, até os mais modernos sistemas de automação.

A arquitetura sustentável é aquela que oferece um ambiente de boa qualidade ao usuário, com uso otimizado da energia e redução do impacto ambiental, devendo ser um sistema em equilíbrio, que produza poucos dejetos na sua construção e durante seu uso.

O OZ Engenharia já desenvolve geradores de ozônio que podem ser usados no tratamento de esgoto e reuso d’água, tanto para uso residencial (o prédio Príncipe de Greenland possui nossos geradores para a racionalização da água) quanto industrial ( a SAP faz uso de geradores de ozônio para o tratamento de água utilizada em torres de resfriamento e nos seus espelhos d’água – O ozônio trata a água e evita o uso de produtos químicos, evitando assim resíduos.)

Prédios que são referência na construção sustentável

Arquitetura Vernacular


Casa-folha, do Escritório Mareines+Patalano Arquitetura (mais / arquitetura vernacular )

Arquitetura Orgânica


Centro Cultural Jean Marie Tjibaou, do arquiteto Renzo Piano ( mais )


Nautilus, do arquiteto Javier Senosiain ( mais )

Bioarquitetura


Instituto Baleia Jubarte, do Instituto Tibá ( mais )


Green School, construída na ilha de Bali, Indonésia ( mais )

Arquitetura Racionalista


Bedzed, do arquiteto Bill Dunster ( mais )

Arquitetura Crítica Tipológica


Centro da Cultura Judaica, do arquiteto Roberto Loeb ( mais )

Arquitetura High-tech

HSBC Hong Kong, do arquiteto Norman Foster ( mais )

Formas da luz


Berliner Bogen, do escritório BRT Arkitecten (mais )

Linguagem verde


Edificio Pergola, do arquiteto Bruno Stagno ( mais )


Edifício da Pioneer, do arquiteto Enrique Browne ( mais )

Inspirações

Como pudemos observar, não existe um modelo a ser seguido, o importante é aumentar a eficiência energética do edifício, usar materiais com certificação ambiental e, principalmente, atender os anseios dos usuários, proporcionando a eles mais qualidade de vida.

Ano passado, o Google anunciou que estava explorando a Amazônia para nos trazer imagens da floresta e dos rios no Street View. Agora você pode conferir o trabalho, feito em parceria com a Fundação Amazonas Sustentável (FAS), no computador ou celular. O Google conseguiu acesso a várias áreas com acesso restrito ao público.

Google e FAS capturaram mais de 50.000 fotos para criar panorâmicas da floresta, rios e comunidades, pedalando o famoso triciclo do Street View pelos caminhos de terra, e navegando pelos rios em barcos com o equipamento do Street View instalado.

O Google não mapeou a Amazônia inteira, apenas um pequeno trecho próximo a Manaus – afinal, a floresta é enorme! Mas eles dizem que muitas áreas, incluindo a reserva Rio Negro – à qual eles tiveram acesso – são restritas ao público em geral. Assim, mesmo quem já entrou na Amazônia verá algo de novo no Street View.

Na página do Google Street View você pode conferir vários roteiros.

Fonte: http://www.gizmodo.com.br

Pesquisar
Divulgação
Calendário
novembro 2019
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Site OZ Engenharia
Águas Limpas
Google +1
Categorias